Fácil de usar, o Endless, sistema operacional baseado no Linux é uma aposta inteligente para muitas entidades do terceiro setor. Principalmente as que trabalham com comunidades carentes, inclusão digital, educação, em locais com pouco ou nenhum acesso a internet. Ou ainda é recomendado aquelas que estão começando e operando com poucos recursos.

Ficou interessado? Veja seis motivos para conhecê-lo melhor:

1 – Sistema operacional gratuito com garantia vitalícia de atualizações;

2 – Qualquer pessoa com pouco conhecimento sobre computadores consegue instalar, configurar e utilizar o sistema;

3 – Voltado para educação, vem com 100 aplicativos pré-instalados, incluindo uma enciclopédia com 80 mil verbetes;

4 – A maioria dos aplicativos pode ser utilizada offline, o que pode ser fundamental em comunidades com pouco ou nenhum acesso a internet;

5 – Vem softwares livres como o LibreOffice, semelhante ao Office da Microsoft, e editores de áudio, vídeo e imagem;

6 – O sistema operacional ocupa pouco espaço e é rápido, sendo uma boa opção para computadores reciclados ou com configurações defasadas;

endless-sistema

Área de trabalho original

captura-de-tela-de-2016-11-08-19-10-48

Área de trabalho de teste

Detalhando um pouco mais

Enfim, a aposta da empresa são usuários que tem pouca familiaridade com computadores, mas facilidade em manusear smartphones. Por este motivo, a área de trabalho é muito parecida com as telas de celulares android, com os ícones de atalho para aplicativos e pastas. O sistema pode ser baixado diretamente do site da empresa e sua instalação é muito intuitiva. Ainda sim, o usuário pode assistir um vídeo curto explicando o passo-a-passo.

Também é pensado para ser usado com ou sem internet. Entre os aplicativos grátis pré-instalados estão um tradutor e uma biblioteca com 70 livros de autores como Machado de Assis e Eça de Queiroz. Tem até uma versão de A Origem das Espécies, de Charles Darwin.

Outros aplicativos interessantes testados foram o Gnote, para fazer anotações; Shotwell para edição rápida de imagens e Constelação, com um mapa interativo e informações sobre as estrelas vista de qualquer parte da terra.

Já com acesso a internet o sistema operacional funciona normalmente para navegar e acessar as redes sociais.

O Endless também pode ser usado alternadamente com o Windows em dual boot. Ou seja, depois de instalado, é possível escolher por qual sistema operacional iniciar o computador. Para testes, o sistema operacional foi instalado em uma partição de 32 GB de um notebook de 1 TB, com 8 GB de memória RAM e processador Core i7. O resultado foi acima da expectativa, não travando nenhuma vez, abrindo os programas de modo bem mais rápido que no Windows 10. Em dois dias de uso o único defeito encontrado foi não conseguir instalar a impressora pelo Wi-Fi.

Inclusive esse texto e as imagens do post foram feitos nesse sistema operacional usando o Gimp para recortar imagens, o LibreOffice Writer, para escrever, e o Internet Chromium para postar no site.

mini2

Computador de design moderno, configuração de smartphone e preço pouco atrativo

PS. Quem não tem um computador, pode se interessar no Endless Mini, à venda pelo site da empresa. De tamanho discreto – mais ou menos o tamanho de uma bola de boliche – e configuração e peso semelhante a de muitos celulares atuais. Dois GB de memória RAM e 32 GB de HD. O preço (R$ 899,00 em 09/11/2016), porém, parece um pouco alto pela configuração oferecida, ainda mais considerando a clientela alvo. Além disso, não vem com teclado, mouse ou monitor, mas pode ser conectado à TV, transformando-a em uma smart TV.

 

 

Ficou interessado? Veja este vídeo.

Pin It on Pinterest

Share This