Existem muitas explicações sobre as diferenças entre site e blog.

Mas, de modo resumido, site é um espaço que serve como um grande cartão de visitas, onde estão as informações institucionais: o que é e para que serve a entidade, qual a missão e a equipe que faz parte, quais são seus principais projetos, público, área de atuação e apoiadores. Se for uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – Oscip, informações sobre gestão financeira devem estar disponíveis, como uma das normas de transparência administrativa.

Já o blog (que pode também estar inserido em um site) é um espaço que pressupõe certa frequência de atualização de conteúdos e tem uma interação mais amigável com os internautas. O principal exemplo são os espaços para comentários das postagens. Mas é importante destacar que mesmo que tenha optado por criar um blog, é possível criar páginas específicas e colocar todas as informações citadas no parágrafo acima.

Antes de falar como criar um blog ou um site é preciso ter em mente que é preciso:

1) Definir previamente os conteúdos;

2) Escrever textos curtos e objetivos;

3) Utilizar fotos de qualidade;

4) Inserir informações de contato e formulário para mensagens;

5) Registrar um ou mais domínios do site;

6) Optar por modelos (templates) de sites ou blogs que sejam responsivos;

É possível fazer sites e blogs com pouco dinheiro e pouca experiência em informática. Mas também existem inúmeros profissionais e empresas que podem ser contratados para fazer o serviço. Se contratar uma empresa ou profissional para desenvolver o site ou o blog verifique a necessidade de contratar sua manutenção. Geralmente não há necessidade, mas se a equipe da ong for reduzida ou o acesso à internet for muito limitado, esta pode ser uma opção.

O registro pode ser feito em qualquer empresa de hospedagem, mas o mais indicado (e barato) é fazê-lo diretamente pelo Registro.br, que é o responsável direto pelos registros e manutenção dos domínios.

Uma proposta básica de um site para entidades do terceiro setor:

DOMÍNIO: é o endereço do site. No caso de empresas são as www.nomedaempresa.com.br. Para entidades sem fins lucrativos o normal é usar www.nomedaentidade.org.br. A extensão do domínio explica a natureza da pessoa jurídica: .com é para atividades comerciais, .gov para entidades de governo, .org para organizações da sociedade civil sem fins lucrativos. Importante: para registrar o domínio .org.br a associação precisa estar legalmente constituída, ou seja, ter o CNPJ.

RESPONSIVO: um site ou blog responsivo é aquele que é adaptado para ter fácil leitura em diferentes aparelhos, seja numa tela notebook, PC, smartphone, tablet ou até mesmo uma TV de tela plana. Um dado importante: 9 em cada dez brasileiros acessam a internet principalmente pelo smartphone.

Uma estrutura básica de um site

Edyt

1) Quem somos: seção para explicar o que é a entidade, missão, organização, equipe e prestação de contas, se for o caso. É possível dividir essas informações em subpáginas e postar relatórios ou o estatuto para download;

2) Nossos projetos (ou o que fazemos ou nossas ações): aqui são explicadas as atividades da entidade;

3) Downloads: Se há publicações, cartilhas, informativos etc, crie uma página específica para este fim;

4) Notícias: As notícias sobre as ações da entidade, mas podem conter arquivos e matérias veiculadas em meios de comunicação (sempre citando a fonte e, se possível, com links);

5) Multimídia: Se há fotos ou de vídeos com qualidade, crie galerias para este fim. As fotos podem ser inseridas como álbuns. Já para os vídeos é recomendado incorporar vídeos do Youtube;

6) Contato: Dados como telefones, endereços e formulários de contato para os interessados entrarem em contato é fundamental para mostrar credibilidade.

 

Pin It on Pinterest

Share This